Escrito em por & arquivado em Diversos.

José Goldemberg, Carlos Nobre e Fabio Feldmann participaram no fim de semana de um debate na Globo News sobre as perspectivas políticas para as mudanças climáticas em 2009. Unanimidade entre os participantes foi considerar positivas algumas iniciativas recentes de governos nacionais. Uma delas, as metas brasileiras para redução de desmatamento, que responde por 75% das emissões brasileiras e, segundo uma conta rápida de Carlos Nobre, podem significar uma redução em 30% dessas emissões em relação aos níveis de 1990. Claro, uma vez que as metas sejam cumpridas.

As outras duas iniciativas destacadas foram as metas de redução do Reino Unido em 80% para 2050 e as recentes indicações de especialistas sensíveis à crise climática para a composição de cargos importantes relacionados à ciência, tecnologia e energia no governo de Barack Obama.

Unanimidade entres os debatedores foi também a idéia de que boas intenções existem em todo o lugar e que não há tempo para os governos se apoiarem em discursos. No caso do Brasil, o obstáculo maior identificado foi o enfrentamento entre preservação florestal e pressão do agronegócio. No caso dos EUA, a posição real que adotará Barack Obama e a postura do Congresso. Em ambos os casos, assim como para o Reino Unido, as incertezas vêm temperadas de crise econômica global.

Deixe um comentário

Você deve estar registrado para deixar um comentário.