Escrito em por & arquivado em Campanhas, Política e Clima.

Climate Reality Project lançou nesta semana uma petição online para que os governos tomem uma atitude eficaz para limitar o aquecimento global e as consequências das mudanças climáticas não se agravem. “A ameaça das mudanças climáticas nunca foi tão grande. Mas o caminho também nunca foi tão claro”, diz o texto do abaixo-assinado.

O objetivo é reunir assinaturas em todo o mundo para pressionar os governantes por um acordo do clima ambicioso na Conferência do Clima de Paris, que acontecerá no fim deste ano. O consenso científico é de que as mudanças climáticas ocorrem por causa da atividade humana, por meio das emissões de gases de efeito estufa, e que é necessário limitar o aquecimento global em 2ºC em relação à temperatura da Terra antes da revolução industrial.

Para isso, é necessário que os governos tomem medidas como a preservação das florestas, que absorvem o gás carbônico (CO2) — principal gás de efeito estufa — e, principalmente, mudanças na matriz energética, eliminando os combustíveis fósseis (como o carvão e o petróleo) para fontes renováveis e não poluentes. A adoção dessas mudanças é possível, e importante para evitar consequências mais graves das mudanças climáticas (que já estão acontecendo), em especial para populações mais vulneráveis. É isso que será definido na COP 21, a conferência do clima da ONU.

Você concorda que está na hora de mudar, por um planeta melhor para nós e para as próximas gerações? Clique aqui e assine! 

 

Esta imagem é de uma animação da NASA, que mostra a mudança de temperatura da Terra de 1980 a 2013. As temperaturas mais elevadas do que o normal são mostradas em vermelho e temperaturas mais baixas do que o normal estão em azul (veja a animação: http://climate.nasa.gov/climate_resources/28/)

Esta imagem é de uma animação da NASA, que mostra a mudança de temperatura da Terra de 1980 a 2013. As temperaturas mais elevadas do que o normal são mostradas em vermelho e temperaturas mais baixas do que o normal estão em azul (veja a animação: http://climate.nasa.gov/climate_resources/28/)

 

Deixe um comentário

Você deve estar registrado para deixar um comentário.