Escrito em por & arquivado em Diversos.

Por Alexandre Mansur, do Blog do Planeta

Imagem: Nasa

 

 

Como comunicar as mudanças climáticas ao público brasileiro? Essa é uma dificuldade persistente. Apesar de todos os esforços feitos nos últimos anos, a compreensão popular sobre o fenômeno do aquecimento do planeta e sobre a própria ciência do clima está longe do que sabem os pesquisadores. Há um fosso crescente entre o consenso popular e o consenso dos cientistas. Para alguns ativistas e comunicadores, está na hora de mudar a estratégia de comunicação. Diante desse desafio, o Instituto Arapyaú encomendou um estudo à consultoria americana FrameWorks. Ela é especializada em estudar comunicação para causas.

A FrameWorks começou fazendo um levantamento de como está a percepção popular em relação às mudanças climáticas. Foram feitas várias entrevistas em algumas das principais cidades do Brasil. Depois, a FrameWorks comparou o senso comum com o conhecimento dos especialistas científicos no tema, a partir de entrevistas com vários deles. Diante dessa comparação, chegaram a algumas descobertas.

Esse levantamento de campo é a primeira fase de um trabalho mais amplo para traçar uma nova estratégia de comunicação. Nessa fase inicial, a FrameWorks usa as entrevistas para descobrir os modelos culturais da sociedade em relação aquele tema. Os modelos culturais revelam o terreno cognitivo de um determinado assunto. Eles mostram os padrões implícitos de crenças que os indivíduos usam para enquadrar as informações que recebem. Esses modelos culturais podem ser produtivos ou danosos na hora de extrair sentido da informação.

Leia o texto completo e saiba mais sobre como comunicar mudanças climáticas de uma forma mais eficaz.

Deixe um comentário

Você deve estar registrado para deixar um comentário.