Escrito em por & arquivado em COP, Negociações Internacionais.

Ricardo Barretto

Na madrugada do domingo, 14 de dezembro, foi anunciado em lima, finalmente, o texto final da 20a Conferência das Partes da Convenção da ONU sobre Mudança do Clima (COP 20). Para a UNFCCC, “a Chamada de Lima para a Ação Climática põe o mundo a caminho de Paris 2015”.

ft_2014_ext_oxfam_manifestocop20_dez_12

Mas representantes da sociedade civil em todo o mundo alertam que o texto apresentado é pouco ambicioso e deixa muito a ser decidido ao longo de 2015, para que seja fechado um acordo em Paris capaz de limitar o aquecimento global em 2o C.

“Os resultados da COP-20 nos deixam com menos tempo em 2015 para resolver a bagunça. Ambição, definições com clareza e decisões em tempo eram urgentes e não foram entregues”, afirma Carlos Rittl, secretário executivo do Observatório do Clima.

Avaliação similar vem da Climate Action Network, rede que congrega 900 organizações da sociedade civil em todo o mundo: “A Conferência de Lima mostra a política do clima se arrastando atrás do momentum no mundo real.” Já a Tck Tck Tck, aliança de 400 organizações, considerou que a COP 20 frustrou expectativas e fez com que as atenções estejam todas voltadas para Paris 2015. Durante a COP 20, intervenção bem humorada da Oxfam já alertava para a importância de que os líderes mundiais levassem soluções climáticas de Lima a Paris (foto). Mas, para muitas ONGs, faltou vontade política para um texto final mais ambicioso.

Confira a seguir o que foi definido em Lima e algumas repercussões ao redor do mundo:

 

UNFCCC: Llamada de Lima a la Acción Climática pone al mundo camino de París 2015

CAN International: Lima Summit shows climate politics lagging behind real world momentum

G1: Países reunidos na COP 20 aprovam ‘rascunho zero’ de acordo climático

Reuters India: Lima UN talks agree building blocks for 2015 climate deal

The Climate Group: Success in Lima as world leaders agree basis for climate deal at Paris 2015

Tck tck tck: Lima climate talks fall short of expectations as attention shifts to Paris

 

Deixe um comentário

Você deve estar registrado para deixar um comentário.