Escrito em por & arquivado em COP.

Por Bruno Toledo (OC)

O Portal Carbono Brasil publicou hoje uma análise de Sébastien Duyck, do Adapt a Negotiator, que sistematiza o posicionamento dos países e coalizões governamentais nas negociações recentes sobre o acordo climático global previsto para ser concluído em 2015. No caminho para esse entendimento, a próxima Conferência do Clima, a COP-19, que acontecerá a partir do próximo dia 11 em Varsóvia, será uma etapa importante para que negociadores consigam construir os consensos necessários.

Ao longo dos últimos meses, países e coalizões compartilharam expectativas sobre os resultados das negociações para o novo acordo. Isto foi feito através de submissões, que segundo a análise tem um papel especialmente particular nas negociações por causa do gap temporal entre o último encontro técnico, realizado em Bonn em junho passado, e a COP-19. Nesse contexto, as submissões oferecem um bom panorama dos rachas que podem ser esperados entre os negociadores em Varsóvia no mês que vem.

De acordo com a análise de Duyck, são quatro os pontos de desentendimento mais importantes no processo de negociação para 2015: a data de submissão dos compromissos nacionais, o papel da revisão dos compromissos internacionais, o grau de diferenciação entre os países, e o nível das obrigações incluídas no acordo de 2015.

Confira a análise na íntegra aqui (parte 1: países em desenvolvimento) e aqui (parte 2: países industrializados). Se quiser, leia a versão em inglês no site do projeto Adopt a Negotiator.

Deixe um comentário

Você deve estar registrado para deixar um comentário.