Escrito em por & arquivado em COP.

Clima quente na Conferência de Durban, conforme chegam informações de que pode haver um resultado final muito positivo na COP 17, tanto pela adoção de um segundo período de Kyoto, quanto pelo estabelecimento do caminho para um acordo vinculante (com força de lei) entre as Partes da Convenção-Quadro da ONU sobre Mudança do Clima.

Mas se os rumores animam, a possibilidade de os países “indecisos” darem um passo atrás continua latente. A questão aqui é se conseguirão olhar para além de interesses específicos e imediatos e assimilar que o prazo para o combate eficiente às mudanças climáticas está acabando. A palavra de ordem é: olhem a sua volta!

Mesmo no sentido literal, a frase funciona. A Cidade de Durban, que hospeda a COP 17, tem à beira mar o alerta perfeito para os negociadores internacionais: as praias da bela costa estão sendo engolidas pelo aumento do nível do mar e a prefeitura escava a areia para construir barricadas de contenção.

Até quando medidas paliativas serão a resposta para uma situação que se agrava sem trégua?

Ricardo Barretto, GVces

Deixe um comentário

Você deve estar registrado para deixar um comentário.