Escrito em por & arquivado em Diversos.

O primeiro dia do Seminário de Atualização sobre Biodiversidade para Jornalistas, promovido pela WWF-Brasil contou com a participação de especialistas como Bráulio Dias, diretor de Biodiversidade do MMA; Nazaré Lima, diretora-substituta do Depto de Políticas para Combate ao Desmatamento do MMA; Antonio Herman Benjamín, ministro do STJ (via Skype ), Paulino Franco de Carvalho Neto, divisão de Meio Ambiente do MRE e Maretti (WWF-Brasil). Abaixo, selecionamos alguns twitts sobre as falas realizadas durante o evento. O material das palestras pode ser acessado em http://www.wwf.org.br/seminario2010

Nazaré: regularização ambiental é caminho sem volta porque o mercado exige  Nazaré: Áreas protegidas têm papel mto importante ainda não bem explorado, tanto p/ geração de renda como outros usos da comunidade 

Benjamín: Papel do jornalismo investigativo é essencial, traz ao público a devastação q muitas vezes não vemos e força atuação do governo  Para Benjamín, discussões atuais sobre #CodigoFlorestal estão perdidas nas minúcias; questões gerais não estão sendo debatidas

Nazaré: Não resolveremos desmatamento apenas com ações de comando e controle, precisamos incentivar atividades econômicas sustentáveis

Nazaré: Exemplos desses objetivos: reduzir perda de habitats, de #biodiversidade e reduzir impactos em comunidades locais

Nazaré: Estratégia de reduzir desmatamento tem objetivos + amplos do pto de vista ambiental. Nazaré: P/ evitar perda d habitats temos q evoluir p/ chegar a uma responsabilidade compartilhada dentro da sociedade 

Mauro: Soja e gado, quando seguem todas as exigências legais e fiscais, não são mais rentáveis do que manejo florestal.

Mauro: O desmatamento não representa todo esse avanço em desenvolvimento que as pessoas costumam acreditar.

Mauro: Desmatamento significa perda de habitats, de ecossistemas. 

Benjamín: #CodigoFlorestal pode e deve ser modificado, mas seguindo princípios p/ q haja mínimo de consenso e s/ afetar #biodiversidade

Benjamín: reforma do #CodigoFlorestal não deve ser para facilitar hipóteses de desmatamento.

Maretti: Será q papel do Brasil não é dar exemplo de nova economia sustentável, onde saúde e conservação da natureza não sejam opostos?

Bráulio: Governo reage a pressões da sociedade. Se não há pressão p/ área ambiental, o recurso vai p/ outras áreas q fazem pressão 

Bráulio: Questões ambientais geralmente perdem confronto c/ outros setores por falta de info sobre custo da perda da #biodiversidade

Paulino: não adianta conservarmos a #biodiversidade e outros países continuarem com mesmos padrões de consumo de sempre

Maretti: Só o que é mata tem de ser protegida? Precisamos da valorização e manutenção dos ecossistemas naturais.

Maretti: Avançamos na redução no desmatamento da Amazônia, mas perdemos, pois aumentou o desmatamento no Cerrado.

Maretti: a solução está em todos os setores econômicos e na sociedade.

Maretti: podemos nos dar ao luxo de perder essa mina de ouro por ter modelo econômico errado? Devemos criar modelo de economia ambiental Bráulio: acreditamos no desenvolvimento com menos impacto ambiental mas estão em jogo questões sérias e #biodiversidade interage c/ clima

Bráulio: não basta engajamento apenas do MMA, ICMBio, Ibama, precisamos que tema seja tratado em outros setores e esse é grande desafio

Bráulio: no entanto, nenhum dos outros biomas, fora a Amazônia, alcançou essa meta. Outros biomas estão desprotegidos.

Bráulio: Brasil é responsavel por 70% das criações de áreas protegidas no mundo

Bráulio: mas a batalha não está vencida, outra coisa é fazer a implementação, criar infraestrutura

Bráulio: aumento + significativo de esforço de conservação de áreas protegidas aconteceu no Brasil, na Amazônia brasileira #biodiversidade

Bráulio: ter bons programas ambientais só adianta se outros setores trabalharem de acordo, e não contra #biodiversidade

Paulino: metas têm que ser alcançadas, mas para isso precisamos de recursos financeiros

Paulino: Uma das metas a serem levadas à COP é redução total da perda de #biodiversidade

Paulino fala agora sobre a COP da #CDB, Convenção sobre Diversidade Biológica, que acontece em Nagoia, Japão, de 18-29/out

Deixe um comentário

Você deve estar registrado para deixar um comentário.