Escrito em por & arquivado em Diversos.

No dia em que novos estudos da agência de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos (NOAA) mostravam que temperaturas recordes estão sendo atingidas nos mares ao redor do planeta, Edmo José Dias Campos, professor titular de oceanografia física do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo dava um alerta semelhante durante a 62º reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorre em Natal (RN) esta semana. Em uma palestra sobre as ameaças das mudanças climáticas aos oceanos, ele mostrou que existem evidências de que as águas do Atlântico Sul estão mais quentes, o que aumenta a possibilidade de furacões no Brasil. Campos, que é um dos autores do capítulo sobre oceanos do próximo relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climática (IPCC – WG1 – AR5), explica nesta entrevista que será possível prever e adaptar-se ao aumento do nível do mares.

http://www.oeco.com.br/reportagens/24230-oceanos-mais-quentes-sao-ameaca

Deixe um comentário

Você deve estar registrado para deixar um comentário.